as pedras sempre me fascinaram. algumas me chamam, chego perto, uma troca silenciosa acontece. observo aquele ser lindo, sua textura, cores, tamanho, marcas. me desloco do tempo, entro no não tempo das pedras. o tempo não existe aqui, não precisamos dele para viver. que liberdade deliciosa. um dia ainda serei pedra.